INGLATERRA, AUSTRÁLIA, SUÉCIA, NORUEGA e outros…

PAISES ECOLÓGICOS, BONITOS E ORGANIZADOS… QUE VEM POLUIR O TERRITÓRIO VERDE AMARELO, com o desaparecimento dos órgãos públicos tupiniquins de proteção ao meio ambiente.

Que empresa é essa, Samarco? É do governo?
Não, é uma empresa privada. A Vale (mineradora que era estatal e foi privatizada durante o governo FHC) é uma das acionistas da Samarco, com uma participação de 50% no capital por meio de uma joint venture com a BHP Billiton, a maior empresa de mineração do mundo (Anglo australiana).

IMG_2228

 

MUITA CORRUPCAO CORRE SOLTA NA MINEIRACÃO BRASILEIRA – até +

 

Anúncios

Chilenos criam sacos plásticos que dissolvem rapidamente na água

SABEM QUANTAS SACOLINHAS SÃO USADAS POR ANO NESTE PLANETA: 1 trilhão, ou seja, 1.000 bilhões, uma enormidade.

Num cenário onde a contaminação ambiental gerada pelas sacolas plásticas se tornou um problema mundial e mais de vinte países já proibiram ou adicionaram impostos a sua utilização, a empresa Solubag inovou para enfrentar este problema de maneira sustentável, criando uma matéria-prima similar ao plástico, amigável com o meio ambiente e solúvel em água.

IMG_2226 “A grande diferença deste produto é que, por ser desenvolvido com estes novos materiais, não contém nenhum derivado do petróleo, o que se ajusta perfeitamente ao projeto de lei que está sendo implementado no Chile para proibí-las no comércio, cumprindo padrões mundiais”, afirmou Cristian Olivares, gerente comercial e Socio da Solubag.

“O preço inicial deste novo material foi elevado, no entanto, através de melhorias contínuas de processos e certificando fornecedores, este valor pode ser reduzido em cinco vezes. E, à medida que integrarmos os volume de demanda ao mercado, o preço deverá chegar num futuro próximo, a valores similares do preço atual do polietileno”, comentou um dos sócios Roberto Astete.

IMG_2227

PARABÉNS AOS CRIADORES, INSISTAM NESTA IDEA MARAVILHOSA – até+

VALORES DOS REMÉDIOS EM APP

Não é sempre que conseguimos pesquisar os melhores preços do remédio que necessitamos quando estamos doentes. Por isso, o MediPreço foi criado para nos ajudar a economizar na compra dos medicamentos.

Um estudo do Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade (ICTQ) apontou que a variação de preço dos medicamentos pode chegar a 400%. A maioria das pessoas desconhece esse dado. Foi pensando nisso que um grupo de quatro amigos decidiu criar o aplicativo para celular, gratuito, que mostra a variação de preços de um remédio específico no Brasil inteiro.

O MediPreço funciona da seguinte maneira: basta o usuário fotografar o código de barras do medicamento pelo aplicativo. O sistema busca o valor máximo permitido para aquele medicamento e o menor valor da região, via geolocalização.

No banco de dados estão 25 mil medicamentos em 70 mil farmácias pelo país. Resumindo, o consumidor ganha o poder de barganhar um desconto no preço do medicamento com o atendente do estabelecimento.

IMG_2225

“O MediPreço atende o usuário na hora que mais precisa. Quem vai à farmácia, muitas vezes se encontra em uma situação de fragilidade, seja por uma enfermidade urgente ou por uma doença que precisa de atenção e controle”, disse Gregório Salles, um dos criadores da ferramenta.

O banco de dados é baseado na tabela do Ministério da Saúde que estabelece um teto máximo de preços que podem ser praticados.

Os próprios usuários do app também ajudam a atualizar os valores – cerca de 343 mil colaboradores postam quanto pagaram nos medicamentos, criando uma rede atualizada em tempo real dos valores realmente praticados pelas farmácias.

“Sempre que você posta está ajudando outras pessoas que dependem daquele medicamento. Além disso, cria-se uma rede de fiscalização para impedir a cobrança de valores abusivos”, ressalta Alexandre Máximo, também desenvolvedor do MediPreço.

O usuário Marco Resende adotou o MediPreço há alguns meses. Especialista em tecnologia da informação, ele utiliza um medicamento contínuo, o maleato de enalapril. Marco costumava pagar R$ 32 no medicamento. Agora, ele compra por R$ 17, R$ 16 e até R$ 15 – uma economia de mais de 50%.

“Por me dar um referencial, tenho conseguido negociar na farmácia os valores e conseguido bons descontos. Gostei tanto que toda vez que compro um remédio agora, eu posto quanto paguei”, afirmou.

Ciberia // Razões para Acreditar

NOVOS ESTUDOS SOBRE OS SONHOS

Sonhar é uma das coisas mais estranhas que fazemos e continuamos tentando entender por que a nossa mente é tão ativa quando estamos dormindo. Finalmente, uma nova pesquisa defende ter evidências sobre o que é, afinal, “sonhar” – e provavelmente não vai surpreender ninguém.

De acordo com a equipe da Swansea University Sleep Lab, no Reino Unido, sonhar realmente nos ajuda a processar as memórias e emoções que experienciamos quando estamos acordados, escreve o Science Alert.

IMG_2223

A hipótese de que sonhar está, de fato, relacionado com a nossa vida enquanto estamos acordados já tinha sido sugerida, no século XX, pelo neurologista Sigmund Freud, em um fenômeno que chamou de “resíduos diurnos”.

Muitas outras pesquisas já estudaram essa ligação, mas a verdade é que os sonhos são algo difícil de estudar, uma vez que acontecem inteiramente na mente de uma pessoa que, naquele momento, está incapacitada de se comunicar.

Os cientistas não têm as ferramentas necessárias para observá-los diretamente – pelo menos por enquanto – em vez disso, têm que confiar nas memórias que cada pessoa tem dos seus sonhos e, como todos sabemos, nem sempre é fácil fazê-lo.

No entanto, essa equipe de pesquisa britânica parece ter conseguido chegar a uma fórmula vencedora, descobrindo que a intensidade emocional de uma determinada experiência pode ser ligada à intensidade da atividade cerebral quando estamos sonhando, assim como o conteúdo do sonho.

IMG_2224

Os pesquisadores recrutaram 20 voluntários para esse estudo, sendo que todos conseguiam, com frequência, se lembrar do conteúdo dos sonhos.

Em primeiro lugar, os participantes tinham que fazer uma espécie de diário detalhado do seu cotidiano durante dez dias: as atividades diárias que ocupavam grande parte do seu tempo, eventos pessoais e emocionalmente significativos e qualquer preocupação que tivessem tido.

Para cada uma das ocasiões, os voluntários tinham que gravar como se sentiam e avaliar a intensidade de cada emoção em uma escala. Chegada a noite do décimo dia, o grupo passou a dormir no laboratório, enquanto era monitorado com toucas de eletroencefalografia.

Dessa forma, os cientistas conseguiam observar a atividade das ondas cerebrais associadas ao sono de ondas lentas (grande atividade irregular – LIA) e os movimentos rápidos dos olhos (ondas theta).

Dez minutos depois de cada um desses ciclos, os pesquisadores acordavam os participantes e questionavam sobre o que sonharam. Os sonhos eram então comparados com os diários para ver se existia alguma ligação: o que se veio a ser comprovado.

O número de eventos escritos nos diários estavam ligados à intensidade das ondas theta, ou seja, quanto mais coisas estivessem acontecendo na vida de um participante, mais intenso era o seu sono REM – mas não o seu sono de ondas lentas.

Além disso, sonhos que tinham um maior impacto emocional eram mais prováveis de acontecer do que coisas chatas e monótonas. E essas correlações também só foram observadas em experiências recentes – não houve correlação entre experiências de vida mais antigas e a atividade dos sonhos.

“Essa é a primeira descoberta de que as ondas theta estão relacionadas com sonhar com as experiências recentes que temos quando estamos acordados, e é a mais forte evidência de que sonhar está relacionado com processar o que o cérebro está fazendo com as memórias recentes”, afirma o psicólogo Mark Blagrove, da Universidade Swansea ao New Scientist.

O próximo passo da pesquisa, publicada no mês passado no Social Cognitive and Affective Neuroscience, será usar batidas binaurais para induzir as ondas theta em pessoas adormecidas, para ver se isso as induz a sonhar com suas experiências recentes.

Se isso acontecer, os pesquisadores podem ter encontrado um método de manipular o sono REM e as ondas theta para encorajar o processamento de memória e emoção que ocorre durante essa fase do sono – uma espécie de forma passiva de terapia.

Ciberia // ZAP

ABUSO INFANTIL

QUANDO SERÁ QUE VAI TER AULAS DE DEFESA PESSOAL EM TODA A REDE DE ENSINO? Prevenir é bem melhor do que remediar.

Escola Koreana com pequenas e pequenos

QUANDO SERÁ QUE VAI TER AULAS SÉRIAS DE EDUCAÇÃO SEXUAL NAS ESCOLAS? Os ataques estão em crescimento. O nu nada tem de criminoso, de feio e de pecaminoso! Foram conceitos criados por cabecinhas de machistas, de retrógrados e de reprimidas sexuais.

NÃO É BICHO DE 7 CABEÇAS Irmão explica com muito jeito para a sua irmãzinha de 5 anos.

É HORRÍVEL VOLTAR A ESTES ESCABROSOS PECADOS HUMANOS CONTRA MENORES, mas desta vez são medidas preventivas. Um caso por dia de crime infantil envergonha a capital dos gaúchos. O DECA (Dpto. Estadual da Criança e do Adolescente) + a OAB/RS querem baixar essa percentagem, lançando a campanha “NEM TODOS OS MONSTROS VIVEM DEBAIXO DA CAMA”. A maioria dos ataques contra os pequenos é realizada por familiares e amigos da família, por incrível que pareça. A denúncia é fundamental! Os vizinhos, professores e achegados tem que ficar atentos e denunciar os criminosos sem dó, seja quem for: discar gratuitamente 100. No país, 320 crimes contra crianças são cometidos por dia. É muita coisa. Temos que denunciar, podem ser doentes mentais perversos em cima dos pequenos. Do número de estupros, 70% são contra crianças. Redes de pornografia infanto juvenil circulam pela net. Tem que se ter muito carinho e cuidados para tratar corretamente um menor agredido, envergonhado e fechado em si mesmo – ate+

pais

taekwondo-infantil

CRESCE A OBESIDADE DAS CRIANÇAS…

ENTÃO, SE OS BRASILEIRINHOS E BRASILEIRINHAS ESTÃO COM SOBRE PESO…NÃO ME VENHAM FALAR QUE A DIETA HUMANA ESTÁ CERTA! Certo? Claro que também joga contra os baixinhos o excesso do uso digital, a Tv engordativa, a falta de espaços para correr e os abundantes maus exemplos familiares de descaso com a saúde.

Organismos e governos se mobilizam para evitar esta hecatombe mundial; uma delas é a ALIMENTAÇÃO CONSCIENTE BRASIL.org da Mercy for animals

DIETA EQUILIBRADA 1’16

crianças obesas

PAIS, NÃO ESTÁ TUDO PERDIDO! Comece desde cedo a alimentar seu rebento com frutas e vegetais; mude seus hábitos e dê o exemplo. Deixamos uma pirâmide alimentar. A mudança tem que ser suave e constante, sem sofrimentos e com inteligência, para não voltar a frequentar hábitos equivocados – ate+

pais conscientes

PIRAMIDE 2015